O Regional Sul

maio 18, 2024

Polícia desmantela esquema de fraudes em licitações em cidades da Amurel

Polícia Civil cumpre mandados de busca, apreensão e prisão em investigação que envolve contratos de aproximadamente R$ 30 milhões

Nesta terça-feira (4), a Polícia Civil de Santa Catarina realiza a Operação “Dark Shark”, que desmantela um esquema de fraudes em licitações nos municípios de Tubarão, Capivari de Baixo, Pescaria Brava, Jaguaruna e Laguna, no sul do estado. A ação, conduzida pela 2ª Delegacia de Combate à Corrupção da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DECOR/DEIC), realiza o cumprimento de 27 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão temporária.

As investigações tiveram início em 2021, quando foram identificadas irregularidades nos processos licitatórios, envolvendo tanto a competitividade dos procedimentos quanto a entrega dos serviços prestados. Ao todo, foram analisados 51 contratos firmados entre os anos de 2017 e 2022, totalizando cerca de R$ 30 milhões em valores. Vale ressaltar que alguns desses contratos ainda estavam em vigor no momento das investigações.

A operação recebeu esse nome devido a um dos contratos suspeitos, no qual teria ocorrido a substituição de todas as lâmpadas do município em um curto período de tempo, levando a crer que houve um momento em que a cidade ficou às escuras. Esse episódio simbólico ilustra a suposta atuação criminosa por trás das fraudes em licitações.

A ação policial mobilizou aproximadamente 90 policiais civis da DEIC, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, da Delegacia de Polícia da Comarca (DPCo) de Forquilhinha, da DIC de Laguna, da DIC de Araranguá, da DPCo de Imbituba e da Polícia Científica. Ao cumprir os mandados de busca e apreensão nas sedes das empresas, residências dos investigados e nas prefeituras, a polícia busca coletar provas que possam confirmar as suspeitas de irregularidades nos contratos públicos.

 

 

 

 

Fonte: Horahiper/divulgação

Relacionados